Sincopol comemora anúncio davacinação de Policiais Civis em abril

82

O Sincopol (Sindicato Regional dos Policiais Civis do Centroeste Paulista) comemora o anúncio do governador João Doria (PSDB) sobre o início da vacinação dos profissionais de Segurança Pública a partir do dia 5 de abril.

A expectativa é de imunização de 180 mil homens e mulheres, entre Policiais Civis, Científicos, Militares, Bombeiros, Penitenciários e Guardas Metropolitanos.

O anúncio foi feito em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (24) pelo chefe do Executivo estadual. Professores e outros servidores da área da Educação também terão a imunização iniciada no mês que vem, dia 12.

A inclusão das Forças de Segurança entre os grupos prioritários no Plano Nacional de Imunização aconteceu no começo do ano. Desde então, Sincopol e outras entidades de classes vêm pressionando governos estadual e municipais para a adequação dos cronogramas.

“O Sincopol já vinha em um processo de notificação do poder público para que fosse cumprida a inclusão dos Policiais Civis entre os grupos prioritários. O anúncio do governador veio após muita pressão exercida por sindicalistas e outros atores sociais”, afirma o presidente do Sincopol, Celso José Pereira.

“Agora, nós vamos acompanhar como se dará essa imunização em nível municipal”, completa o sindicalista. Celso lembra que o serviço exercido pelos Policiais Civis é essencial e a atividade nunca parou, “e nem pode parar”. “Nada mais justo do que a vacinação dos Policiais Civis ser priorizada. A categoria continua trabalhando, exposta ao vírus”.

O anúncio da vacinação dos profissionais da Segurança Pública também veio diante de um contexto que também envolve manifestações contra promessas não cumpridas pelo Governo Federal, encabeçadas pela União dos Policiais do Brasil (UPB).

Foram realizados, por exemplo, carreatas em Brasília (DF) e atos em outras cidades contra o sucateamento da categoria após a aprovação da chamada PEC Emergencial no Congresso Nacional.