Sincopol apoia carta aberta assinada pelo ‘Movimento BASTA!’

78

O Sincopol (Sindicato Regional dos Policiais Civis do Centroeste Paulista) apoia a carta aberta assinada pelo ‘Movimento BASTA!’ endereçada aos deputados federais e tem como contexto a discussão da Proposta de Emenda Constitucional 32/2020 na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara.

A propositura em tramitação no Congresso Nacional, segundo o manifesto, “promove o maior desmonte dos serviços públicos, como nunca aconteceu na história do país. Inacreditavelmente, no momento em que a população brasileira mais deles necessita”.

 “Neste momento em que profissionais da saúde se dedicam a salvar vidas, em árduas jornadas, esta Comissão discute como prejudicá-los e o governo fecha as portas do diálogo com as entidades que os representam. Neste momento, em que morrem mais profissionais da Segurança Pública por Covid do que por enfrentamentos armados, nesta Comissão e nos Regimentos Internos desta Câmara, se articulam ardis para cercear a possibilidade de se discutir em profundidade as propostas”, diz a carta aberta.

“Neste momento em que profissionais de pesquisa e desenvolvimento tecnológico se dedicam a desenvolver vacinas que salvam, em reconhecidos centros de excelência como Fiocruz, Instituto Butantan, universidades e tantos mais, esta Comissão deixa engavetados inúmeros projetos de Lei por tempo indeterminado mas corre célere com esta PEC da destruição”, segue o texto do Movimento BASTA!.

“Informamos aos Membros desta Comissão e aos que tramam pelo êxito destes ataques à toda a sociedade brasileira, que os senhores acabaram por nos unir, também como nunca antes. Estamos articulados, setor privado e todo o setor público – Segurança, Saúde, Educação, Ciência e Tecnologia – todos, nas três esferas e nos três níveis. E nossa primeira mobilização será em defesa desta mesma linha de frente que ora os senhores querem destruir”, alerta o grupo.

Sincopol

O presidente do Sincopol, Celso José Pereira, lembrar que diversas entidades representativas das Forças de Segurança apoiam a carta aberta e o Sindicato está empenhando em conscientizar seus filiados e a sociedade de modo geral sobre os retrocessos que estão em jogo.

“Em nosso site oficial – www.sincopol.com.br – temos feito alertas sobre a chamada ‘Emenda da Reforma Administrativa’, considerada um atentado contra os policiais civis, retirando a principal ferramenta de atuação da policia investigativa, a sua estabilidade funcional”, afirma Celso.