Representantes do Sincopol se reúnem com outras forças deSegurança Pública

105

O Presidente da Cobrapol (Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis), André Luiz Gutierrez, que representa também o Sincopol (Sindicato Regional dos Policiais Civis do Centroeste Paulista), participou  de reunião do Gabinete Integrado das Forças de Segurança Pública, na sede do Sindicato dos Policiais Federais do Distrito Federal (Sindipol/DF), em Brasília (DF) nesta terça-feira.

Para o presidente do Sincopol, Celso José Pereira, que representa policiais civis de aproximadamente 50 municípios englobados pelas Delegacias Seccionais de Marília, Assis, Tupã e Ourinhos, a articulação é fundamental. “Temos interesses em comum com as diversas forças de Segurança Pública, então é extremamente importante essa união de forças e intercâmbio de ideias e experiências”, afirma.

A reunião foi marcada com parlamentares que representam as forças de segurança no Congresso Nacional, para definir pauta legislativa para 2020 e tentar unificar as propostas das diversas categorias sobre as pautas comuns da segurança pública, além de fortalecer a posição do grupo no Congresso Nacional.

Os integrantes do Gabinete Integrado das Forças de Segurança Pública planejaram o calendário de ações no Legislativo. Entre os assuntos discutidos, foi citada a questão do ciclo completo, bem como a Proposta de Emenda Costitucional (PEC) número 76 que trata da perícia criminal e as leis orgânicas na carreira policial com entrada única nas polícias.

Para o presidente da Cobrapol, “a regularidade das reuniões é de suma importância para que haja continuidade nas discussões e manutenção do grupo focado e unido na segurança pública e em fortalecer as instituições”.

Gabinete Integrado

Desde 2014, o gabinete integrado se reúne para debater o aprimoramento e a modernização da segurança pública no Brasil. Integram o grupo a Cobrapol, a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), o Conselho Nacional de Comandantes Gerais (CNCG), a Associação Nacional de Praças (Anaspra), a Federação Nacional de Entidades de Oficiais Militares Estaduais (Feneme), a Associação Brasileira de Criminalística (ABC), a Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), o Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (LigaBom), a Associação dos Militares Estaduais do Brasil (AmeBrasil), a Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT) e a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef).